O que a doula faz depois do parto

Após o parto é comum a doula realizar mais um ou dois encontros. mas dependendo da necessidade de cada mulher outros encontros adicionais podem ser realizados.

O foco agora será o puerpério e a amamentação e essa fase pode não ser nada fácil para muitas mulheres. É um momento de transição, a filha é promovida a mãe e essa promoção traz consigo muitas responsabilidades e de brinde surgem novos sentimentos, novas dúvidas, inseguranças, medos e ansiedade.

O bebê quando vai para casa não vai com um manual de instruções descomplicado. Mãe e bebê mal acabam de sair de uma jrnada e já entram em outra.

Agora é hora de cuidar do bebê, amamentar, acordar varias vezes durante a noite e ao mesmo tempo ser esposa, as vezes cuidar de outros filhos caso tenha, ser dona de casa, profissional, lidar com a reorganização corporal, hormonal e mental  e ainda lidar com o bobardeio de palpites e opiniões na maioria das vezes não solicitadas ou antiquadas  que podem dificultar ainda mais a fase do puerpério.

Por conta de tudo isso é comum a mulher começar a ter pensamentos e falas como: “Eu não vou conseguir !”, “Eu não aguento mais !”, “Eu estou cansada !” ou “Eu não sou uma boa mãe”.

A doula nos encontros pós-parto irá empoderar esta mãe, mostrando que ela é sim capaz de passar por essa fase de uma forma mais amena.

A doula irá ouvir atentamente, irá dar oportunidade para que a mulher exteriorize, fale sobre seus sentimentos, suas ansiedades, expectativas e frustrações e irá orientar a mulher para que ela entenda o que é comum do puerpério e o que precisa de acompanhamento de um profissional especializado. A escuta ativa pode possibilitar a identificação de baby blues ou depressão pós-parto por exemplo.

Uma coisa muito importante e que pode ser feita ainda antes do parto é o Plano de Pós-Parto, onde a mulher irá descrever tudo aquilo que deseja para o seu puerpério. Podendo antecipadamente montar uma rede de apoio e planejar tudo que for possivel para que apuerpério seja vivenciado com mais tranquilidade e a nova rotina possa incluir um tempo para mulher cuidar de si mesma.

A doula também pode ouvir e orientar as pessoas que vivem essa fase ao lado da mulher, fornecendo informações de como contribuir para que esse período seja vivenciado da melhor forma possível.

Além disso, a doula ainda poderá realizar orientações sobre amamentação e cuidados com o recém-nascido.

 

 

 

Compartilhe conhecimento

Posts Relacionados